A Polícia Judiciária deteve duas pessoas por suspeita de fraude com cartões bancários e apreendeu 24 cartões e diverso material relacionado com a falsificação destes documentos.

Os detidos são um homem e uma mulher, de 51 e 44 anos, respetivamente, e sobre eles recaem suspeitas da prática de vários crimes de contrafação de cartões de crédito, burla informática agravada, furto qualificado, acesso ilegítimo e falsificação de documentos agravada, segundo comunicado da PJ citado pela Lusa.

A PJ adiantou que as detenções ocorreram após dois meses de investigação, tendo sido detetados «movimentos ilícitos num valor aproximado de cem mil euros» e apreendidos 24 cartões com banda magnética, quatro deles contrafeitos, bem como diversos telemóveis, material informático, relógios e objetos em ouro e numerosa documentação relacionada com os crimes em investigação.

A polícia explicou que os detidos copiavam os dados dos cartões bancários, que eram posteriormente utilizados para efetuar levantamentos em caixas ATM e compras online, mas também furtavam cartões originais que usavam em levantamentos e compras em estabelecimentos comerciais.

A PJ ressalva que a investigação ainda se encontra numa fase inicial e estima que «o montante desta fraude venha a ser bastante superior ao prejuízo patrimonial já apurado».

Os dois detidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial e ficaram em prisão preventiva.