A Diretoria do Norte da Polícia Judiciária (PJ) anunciou ter detido, em colaboração com a GNR, o presumível autor de dois fogos florestais ocorridos em Recarei, no concelho de Paredes.

Em comunicado, a PJ esclarece que a detenção foi o culminar de diligências desenvolvidas para identificar o autor, na sequência de diversos incêndios florestais que têm ocorrido naquele concelho.

De acordo com a PJ, “os fogos terão sido provocados com recurso a um cigarro e a fósforos, num aparente quadro de incendiarismo e fascínio pelo fogo, consumindo cerca de um hectar de mato e arvoredo, tendo colocado em risco diversas habitações e indústrias existentes nas proximidades”.

O detido, de 38 anos, calceteiro, desempregado, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das adequadas medidas de coação.

Este ano, a Polícia Judiciária já identificou e deteve 42 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.