A ASAE deteve, no primeiro semestre deste ano, mais de 400 pessoas para julgamento sumário pela prática de jogo ilícito e apreendeu quase 6.500 produtos, desde máquinas de jogo, caixas de poker a quiosques na Internet.

Nos primeiros seis meses de 2013, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) fiscalizou 668 operadores em todo o país com o intuito de combater o jogo ilícito, segundo um comunicado do gabinete de imprensa da ASAE divulgado esta quarta-feira.

O resultado das operações foi a instauração de 306 processos crimes e a abertura de 465 processos por contraordenação.

A ASAE refere ainda que foram detidos, para julgamento sumário, 418 indivíduos por prática de jogo ilegal, e apreendidos 6.454 produtos relacionados com esta prática ilegal, tais como máquinas de jogo, caixas de póker, quiosques na Internet.

No total e de acordo com uma estimativa realizada pela ASAE, os produtos apreendidos tinham uma valor de cerca de 1.516 mil euros.