A PSP deteve um homem suspeito de envolvimento nas agressões violentas ao futebolista André Leão, de 23 anos, junto a uma discoteca de Lisboa, em fevereiro deste ano, disse fonte policial à Lusa, nesta sexta-feira.

Há ainda um segundo suspeito identificado.

A detenção ocorreu na quinta-feira, dia em que foi realizada a “prova de reconhecimento”, segundo outra fonte.

O detido, ex-concorrente de um reality show televisivo, está indiciado por tentativa de homicídio e vai ser presente esta tarde a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa para aplicação de medidas de coação.

A vítima, jogador do Clube Atlético e Cultural (CAC) da Pontinha, Odivelas, terá sido agredido violentamente pelo arguido e outros elementos com pontapés na cabeça, na madrugada de 28 de fevereiro (quarta-feira), no exterior da discoteca Dock’s.

As imagens das agressões circularam nas redes sociais.

O jovem esteve em coma induzido no Hospital de São Francisco Xavier, mas já teve alta hospitalar.