A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Centro, anunciou esta quinta-feira a detenção de um homem suspeito de tentativa de homicídio, com recurso a arma de fogo, no concelho de Alvaiázere.

Em comunicado, a PJ informou que o suspeito, construtor civil, «perseguiu e abordou o ofendido, contra o qual efetuou um disparo, atingindo-o em zona do corpo que colocou em perigo a sua vida».

Segundo fonte da PJ do Centro, os factos ocorreram há cerca de oito meses, quando o detido desconfiou que a mulher tinha um caso extraconjugal.

«Quando identificou o homem que teria o caso com a mulher, perseguiu-o de automóvel e, assim que ficaram lado a lado, apontou-lhe uma arma à cabeça, atingindo-o no ombro».

A mesma fonte adiantou que o suspeito só foi detido oito meses depois, uma vez que foi necessário «um período de investigação para recolher os elementos de prova» que relacionam o suspeito com o facto.

O detido, de 50 anos, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de obrigação de permanência na habitação, sujeita a vigilância eletrónica, aguardando, entretanto, a efetivação dessa medida em prisão preventiva.