A PSP de Setúbal anunciou, esta segunda-feira, a detenção de três pessoas por agressões a agentes policiais, em casos que ocorreram no Seixal e na Moita, durante o fim de semana.

Na Amora, concelho do Seixal, foi detido um casal, de 26 e 25 anos, por injúrias, ameaças e agressão a agente policial.

"A PSP foi chamada a prestar auxílio a uma tripulação dos bombeiros que estava a ser agredida. Um tripulante da ambulância havia sido agredido pela suspeita que se recusava a sair da viatura de socorro, pois pretendia acompanhar ao hospital o suspeito que fora momentos antes vítima de agressão", refere a PSP em comunicado.

Na presença dos agentes da PSP, manteve a recusa e quando estava a ser retirada da viatura de emergência, o detido levantou-se da maca e começou a agredir o agente policial a murro, ameaçando e injuriando-o diversas vezes.

"Foi detido e recusou receber assistência médica aos ferimentos que motivou o acionamento da viatura de emergência dos Bombeiros. A suspeita após ser consultado o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), foi igualmente detida por se encontrar ilegal em território Nacional", salienta.

O bombeiro teve de receber tratamento médico hospitalar.

Já no caso que ocorreu no Vale da Amoreira, concelho da Moita, foi detido um homem de 31 anos por agressão a agente policial, sendo suspeito da prática de vários furtos e roubos a pessoas.

"Ao ser localizado pelos agentes encetou fuga apeada sendo perseguido de igual forma por várias artérias e ao ser intercetado, reagiu a pontapé contra os agentes", salienta a PSP.

O homem acabou por ser detido e vai agora ser presente a tribunal.

(Foto de arquivo)