A PSP revelou esta sexta-feira o balanço da operação «Verão Seguro 2014»: deteve 3.346 pessoas, das quais 1.306 por condução com excesso de álcool, durante os três meses em que a operação esteve em prática: 15 de junho a 18 de setembro.

Além dos 1.306 detidos por condução com excesso de álcool, 497 pessoas foram detidas por falta de habilitação legal para conduzir e 341 por tráfico de droga.

A PSP adianta, num comunicado citado pela Lusa, que foram apreendidas 72 armas de fogo e 123 armas brancas, 272.992 doses de droga e 80.000 quilogramas de explosivos. Segundo a PSP, foram apreendidas 272.992 doses de droga, 151.369 eram de haxixe.

Durante as férias, as autoridades vigiaram, também, 4.904 casas, cujos proprietários pediram este serviço gratuito de vigilância durante a sua ausência no âmbito do Programa Chave Direta, e não se registou qualquer assalto.

No âmbito rodoviário, a Polícia reforçou a presença nas vias principais e nas zonas urbanas sensíveis, tendo fiscalizado 258.073 viaturas. Nestas ações foram detetados 56.459 condutores com excesso de álcool.

Já sobre o «Programa Estou Aqui», que consiste na distribuição de pulseiras gratuitas para ajudar os pais e educadores a localizar crianças perdidas durante o verão, a PSP revela que abrangeu cerca de 30.000 crianças. Não assinalou, este ano, qualquer criança perdida e, em três anos, as pulseiras foram usadas por 60.000 crianças.