A GNR anunciou esta quarta-feira ter detido quatro pessoas, em Cantanhede, enquanto presumíveis autores dos crimes de passagem de moeda falsa, tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida.

Todos os arguidos, três homens e uma mulher com idades entre 16 e 30 anos, foram detidos no recinto da Feira Agrícola, Comercial e Industrial de Cantanhede (Expofacic), no distrito de Coimbra, refere a GNR em comunicado.

Durante o policiamento à feira e após denúncia de um comerciante, os militares do Destacamento Territorial de Cantanhede “detiveram uma mulher que tentava efetuar uma compra com uma nota falsa”, tendo-lhe sido apreendidas sete notas falsas de 20 euros.

“Nesta situação, foram ainda constituídos arguidos dois homens, de 22 e 56 anos”, adianta o Comando Territorial de Coimbra da GNR.

Pelo crime de tráfico de droga, três homens foram detidos, constituídos arguidos e sujeitos a termo de identidade e residência (TIR), tendo-lhes sido apreendidas 31 doses de haxixe.

A GNR deteve ainda um homem que tinha na sua posse uma soqueira, o qual foi constituído arguido e também sujeito a TIR.

A 27ª edição da Expofacic começou no dia 27 de julho, no Parque Expo-Desportivo de São Mateus, e encerra no domingo.