Os crimes remontam à primeira metade deste ano, mas «Fábio Cigano» só agora foi apanhado. É por esta alcunha que é conhecido no meio criminal.

A Polícia Judiciária deteve o homem esta quinta-feira, através da Diretoria do Sul e com a colaboração do Comando Territorial de Faro da GNR e do Grupo de Intervenção em Operações Especiais.

«O arguido está acusado pelo Ministério Público da prática dos crimes de rapto, tráfico de estupefacientes e detenção de arma proibida, os quais cometeu sucessivamente entre janeiro e junho de 2014», lê-se no comunicado da PJ.

«Fábio Cigano» encontrava-se fugido à Justiça, «movimentando-se sem paradeiro certo entre o Algarve e Espanha», dá ainda conta.

Com a ajuda da PSP de Faro, foram apreendidas, na casa que o arguido usava como refúgio, 4 caçadeiras, duas carabinas, uma pistola e cerca de 1kg de haxixe.

«Na altura da detenção encontrava-se acompanhado de mais dois homens, tendo um deles sido detido pela prática do crime de tráfico de estupefacientes», acrescenta o comunicado.

A PJ indica ainda que foram apreendidos cerca de 5kg de haxixe, duas pistolas, munições, cerca de 1500 euros, bem como duas viaturas de alta cilindrada.

Os detidos têm entre 23 e 24 anos. Aguardam agora a chamada às autoridades judiciárias competentes para aplicação de medidas de coação.