A Polícia Judiciária deteve um médico, de 60 anos, suspeito de falsificar receitas. 

A detenção teve lugar em Vila Nova de Famalicão, pela suspeita de «crime de falsificação de documentos, designadamente receitas médicas», lê-se num comunidado da PJ.

A detenção surgiu na sequência de uma investigação no âmbito de eventuais burlas ao Serviço Nacional de Saúde e falsificação de receituário médico.

A falsificação de receitas já duraria há mais de dois anos, começando o caso a ser investigado após uma denúncia.

O médico trabalhava numa unidade de saúde em Famalicão e foi detido «em flagrante», na quinta-feira, na posse de «várias» receitas falsas.

O detido vai ser apresentado autoridades para interrogatório e aplicação das respetivas medidas de coação.