O proprietário da quinta em Foros de Salvaterra, Salvaterra de Magos onde, na quarta-feira, um homem foi baleado, foi detido esta quinta-feira, disse à Lusa fonte da GNR.

O detido vai ser presente ao juiz de instrução criminal do Tribunal de Benavente, na sexta-feira, para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.

Na quinta em questão, as autoridades apreenderam 32 pés de canábis que ali estavam plantados.

Ontem, a cerca de sete quilómetros daquela localidade, depois de ter sido «baleado por diversas vezes», o homem ficou «em estado muito grave». Foi transportado de helicóptero para o hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde se mantém internado. De acordo com fonte hospitalar, foi hoje operado e está com prognóstico «muito reservado» no serviço de medicina intensiva.

Segundo a mesma fonte da GNR, na quinta onde o homem foi baleado terá também sido agredido um outro homem, que na quarta-feira foi deixado à porta do quartel dos bombeiros de Salvaterra de Magos com perfurações de arma branca.

A vítima acabou por falecer no hospital de Santarém, para onde tinha sido transportada.