As vítimas de um despiste que este domingo fez um morto e oito feridos numa quinta em Requião, Famalicão, eram convidados da festa dos 50 anos de sacerdócio do pároco local, Manuel Magalhães, referiu à Lusa uma fonte dos bombeiros.

De acordo com a mesma fonte, as vítimas «foram apanhadas por uma viatura em plena quinta», em circunstâncias ainda não apuradas. O condutor da carro era igualmente convidado da festa.

A fonte admitiu «apenas como hipótese» o «encandeamento» do condutor pelo sol.

De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro, a situação deu-se antes das 18:00 na freguesia de Requião, no concelho de Vila Nova de Famalicão. Um veículo ligeiro atropelou várias pessoas, todas elas adultas, o que resultou num homem morto, de 65 anos, dois feridos graves e seis ligeiros.

A mesma fonte adiantou que estiveram no local três ambulâncias dos Bombeiros Voluntários de Famalicão, duas dos Bombeiros Famalicenses, duas viaturas médicas do hospital e mais uma ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Santo Tirso. No terreno esteve também a GNR de Famalicão.