A criadora madeirense Fátima Lopes fez desfilar, na Semana da Moda de Paris (França), uma mulher «elegante, feminina e muito forte em simultâneo», inspirada nas deusas gregas, para a estação quente do próximo ano.

«Esta coleção verão 2014 é uma coleção que é inspirada na mitologia grega, sobretudo nas deusas gregas», explicou a estilista à Lusa.

Fátima Lopes sublinhou que a mulher que desfilou nesta coleção «quase que não é humana», quase não anda, aparecendo antes em «pontas de pés com saltos», desafiando o equilíbrio.

Para a primavera/verão de 2014, Fátima Lopes desenhou uma coleção feita a uma cor, com muitos tons de brancos, numa mulher inspirada no passado, mas transposta para o futuro.

Ao nível dos materiais, a passerelle encheu-se de sedas, linhos, rendas, couro, malhas tricotadas e viscoses, ora muito vaporosas, ora muito estáticas, gráficas e geométricas.

«Direi que é inspirada na mulher milenar, mas é uma mulher futurista, é uma mulher atual, presente e muito moderna», concluiu a estilista.

A criadora portuguesa trabalhou com o designer belga PP From Longwy para a criação de punhos, cintos e argolas oversized em smalto (envidraçado) branco e de inspiração mitológica.

Fátima Lopes fechou o ciclo de desfiles portugueses na semana de pronto-a-vestir de Paris, por onde também passaram Felipe Oliveira Baptista e Luís Buchinho.