As buscas para encontrar o pescador, de 64 anos, dado como desaparecido quinta-feira no rio Lima foram retomadas às 08:20, disse à agência Lusa uma fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo.

A mesma fonte adiantou que no local estão já seis bombeiros de Ponta de Lima, com o auxílio de três viaturas, mas os meios deverão ser reforçados.

O sexagenário, que andaria à pesca da lampreia, desapareceu quinta-feira à noite no rio Lima, na freguesia de Santa Cruz do Lima, distrito de Viana do Castelo.

Na quinta-feira, os bombeiros Voluntários de Ponte de Lima tiveram dificuldades nas buscas devido às fortes correntes.

O alerta para o desaparecimento foi dado ao Comando Distrital de Operações de Socorro cerca das 20:31 de quinta-feira.

Fonte do CDOS adiantou na quinta-feira que foi «a mulher do pescador» que alertou as autoridades, por estranhar a «demora do marido».