Um praticante de caiaque, que integrava uma expedição à ilha das Berlengas, está desaparecido ao largo de Peniche, tendo sido iniciadas buscas no mar, disse o Capitão do Porto de Peniche este sábado.

O canoísta, um homem, de 43 anos, deveria ter chegado esta tarde às Berlengas com o grupo que integrou a 19.ª Expedição Autónoma às Berlengas, com 24 caiaques, mas está desaparecido, disse à agência Lusa Marco Augusto.

A Capitania de Peniche iniciou buscas no mar, a sul das Berlengas, entre a cidade de Peniche e a ilha, através do salva-vidas local, e está a fazer avisos à navegação, no sentido de encontrar o canoísta.