As buscas para tentar encontrar o corpo da criança desaparecida domingo à tarde na Praia da Quebrada, em Lavra, Matosinhos, recomeçaram hoje cerca das 07:30, no local do acidente.

Em declarações à Lusa, o comandante Paulo Isabel, adjunto do capitão do Porto de Leixões, disse que vão estar envolvidos os mesmos meios que estiveram segunda-feira no terreno, à excepção do navio patrulha.

«Vamos estar posicionados no mesmo local, mas vamos dispersar os meios, nomeadamente as embarcações, mais para Sul», explicou o comandante Paulo Isabel.

Matosinhos: buscas por criança continuam

O coordenador desta operação acrescentou que as atenções continuam concentradas no aglomerado de rochas que existe na zona onde a criança desapareceu, onde permanecerão os cães da Associação Cinotécnica de Buscas e Salvamento, mergulhadores e homens dos bombeiros e da Polícia Marítima.

«Os cães continuam muito coerentes e a sinalizar odores naquele local», frisou.

A criança de quatro anos desapareceu na Praia da Quebrada, em Lavra, Matosinhos, cerca das 17:00 de domingo, levado por um onda que arrastou também mais quatro pessoas que entretanto foram resgatadas.