Um casal de idosos ficou esta quarta-feira desalojado devido a um incêndio na sua habitação, situada no centro histórico de Évora, que terá tido origem numa salamandra, disse à agência Lusa fonte da Proteção Civil.

A fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora explicou que os bombeiros receberam o alerta para o fogo urbano, numa moradia na Rua das Fontes, no centro histórico da cidade, às 12:37.

O incêndio foi dominado às 13:21 e considerado extinto às 14:15, disse à Lusa o comandante dos Bombeiros de Évora, Rogério Santos.

A «intervenção atempada» dos bombeiros impediu que «as chamas alastrassem aos edifícios adjacentes», mas a habitação onde o fogo eclodiu «ardeu na totalidade», acrescentou a fonte do CDOS.

Segundo o CDOS, o fogo na moradia, constituída por rés-do-chão, 1.º andar e águas-furtadas, terá sido provocado «por uma salamandra que se encontrava acesa».

Joaquim Piteira, responsável do Serviço Municipal da Proteção Civil, adiantou à Lusa que o casal de septuagenários vai ficar realojado temporariamente em casa de familiares.

O combate às chamas mobilizou 14 operacionais e sete veículos dos bombeiros, PSP e Serviço Municipal de Proteção Civil.