Uma arriba com cerca de 10 metros de altura desmoronou-se esta terça-feira na praia dos Careanos, em Portimão, sem registo de vítimas, disse à agência Lusa o capitão do porto local, Ricardo Arrabaça.

A derrocada registou-se cerca das 09:30 e abrangeu uma largura de cerca de sete metros, tendo sido reportada às autoridades pelas testemunhas que presenciaram e ouviram a queda da arriba, disse a mesma fonte.

A ocorrência foi ouvida e testemunhada por pessoas que telefonaram para nós a dizer o que tinha acontecido, foi-nos logo reportado que não estaria lá ninguém, mas de qualquer dos modos fomos confirmar”, disse o capitão do porto de Portimão, frisando que ninguém foi atingido.

Ricardo Arrabaça explicou que as equipas da Polícia Marítima, quando chegaram ao local, encontraram uma derrocada “de alguma dimensão”, mas que “não era catastrófica”, tendo adotado as medidas cautelares, isolando a zona e comunicando a derrocada à Agência Portuguesa do Ambiente (APA), que monitoriza o estado das arribas e falésias.

O capitão do porto recordou que os “desmoronamentos de arribas acontecem todos os anos” e “em qualquer altura”, porque são originados pelo “fenómeno natural de erosão das arribas”.

O responsável adiantou que os técnicos da APA já se deslocaram ao local para avaliar “se a arriba está em situação de instabilidade” e se é necessário intervir para acelerar a queda, mas frisou que ainda não conhece o resultado da avaliação.

Ricardo Arrabaça disse acreditar, no entanto, que “neste momento não haja nenhuma intervenção urgente” a realizar na arriba da praia dos Careanos.

A mensagem principal, agora e sempre, não é só agora, é para as pessoas se manterem afastadas das arribas, porque é normal elas caírem. Agora, com a agitação marítima e o mau tempo, é normal haver mais, mas elas acontecem o ano todo”, advertiu.

Já na segunda-feira, a Autoridade Marítima Nacional alertou a população para a possibilidade de derrocadas de arribas e costas rochosas, especialmente na costa algarvia, por a sua estabilidade poder ter sido afetada pelo mau tempo.

"A Autoridade Marítima alerta a população para o perigo iminente de derrocada de arribas, que se encontram bastante instáveis devido ao mau tempo que se tem feito sentir nos últimos dias", referiu a AMN, que estendeu o alerta a "toda a população do continente, Madeira e Açores, e em particular à costa sul algarvia".

A AMN pediu à população para se afastar das arribas e de zonas de costa rochosas afetadas, "evitando passeios tanto junto à base, como no topo destes locais", e avisou os cidadãos para o dever de "cumprir e respeitar a sinalização e as indicações das autoridades".

A Autoridade Marítima alertou para o facto de algumas arribas e costas rochosas terem sido "alvo da ação direta das ondas do mar e de infiltrações provocadas pela chuva, o que acabou por provocar um grande deterioramento das mesmas", como hoje se verificou na praia dos Careanos.