O teste diagnóstico escrito de Inglês, obrigatório para todos os alunos do 9.º ano, vai realizar-se no dia 30 de abril, segundo um despacho esta quinta-feira publicado em Diário da República.

A prova é certificada pelo Cambridge English Language Assessment, entidade pertencente à Universidade de Cambridge, que desenvolve instrumentos de avaliação ao domínio da língua.

Trata-se da primeira vez que é realizada a prova de avaliação diagnóstica a Inglês, que vai integrar «obrigatoriamente a compreensão da leitura e da expressão escrita, a compreensão do oral e a produção oral».

De acordo com o calendário definido no despacho do Ministério da Educação, a componente escrita realiza-se no dia 30 de abril, enquanto a componente de produção oral deverá decorrer entre os dias 24 de março e 30 de junho.

Segundo o regulamento publicado em Diário da República, o teste escrito tem a duração máxima de 110 minutos: 70 minutos para compreensão da leitura e expressão escrita e 30 a 40 minutos para compreensão oral (em teste escrito).

A componente da produção oral decorrerá entre 24 de março e 16 de maio para os alunos do 9.º ano e terá a duração de 8 a 10 minutos para cada aluno. Tem de ser realizada na presença de dois examinadores e um mínimo de dois alunos.

O teste, obrigatório para os jovens do 9.º ano, pode também ser realizado por estudantes dos 6.º ao 12.º ano e idades entre os 11 e os 17 anos e que pretendam obter a certificação internacional Cambridge English Language Assessment.

À exceção dos alunos do 9.º ano, os restantes que queiram realizar a prova têm de se inscrever e pagar obrigatoriamente 25 euros para a obtenção do certificado.

No caso dos estudantes do 9.º ano, a emissão do certificado é facultativa, mas também sujeita a