Doze bailarinos de escolas de dança portuguesas foram premiados, arrecadando um total de 15 medalhas entre ouro, prata e bronze, na 13.ª edição do festival internacional de dança Tanzolymp, que decorreu em Berlim, na Alemanha.

De acordo com os resultados do concurso, que foram publicados nesta quarta-feira na página do festival internacional na rede social Facebook, os 12 bailarinos premiados são de quatro escolas nacionais, designadamente seis da Escola de Dança do Conservatório Nacional (EDCN), em Lisboa, três da Academia de Ballet e Dança Annarella, em Leiria, dois da Companhia de Dança do Algarve (CDA), em Faro, e um da Escola Domus Dança (EDD), no Porto.

Frederico Loureiro, da EDD, conquistou duas medalhas de ouro na faixa etária dos 13 aos 15 anos, nas categorias dança Clássica e dança Contemporânea, tendo João Gomes, da Annarella, alcançado o 2.º prémio (prata) nas mesmas categorias deste escalão.

Também no escalão entre os 13 e os 15 anos, Catarina Pires, da CDA, conquistou uma medalha de prata na categoria dança Clássica.

Na faixa etária entre os 16 e os 18 anos, Ana Rita Baptista, Gonçalo Silva e Patricia Main, da EDCN, conquistaram as medalhas de ouro, de prata e de bronze, respetivamente, na categoria de dança Contemporânea.

Augustin Pereyra, da Annarella, trouxe para Portugal duas medalhas de prata, nas categorias de dança Clássica e Contemporânea, neste escalão entre os 16 e os 18 anos.

Na faixa etária entre os 16 e os 18 anos, Ísis de Sá, da CDA, alcançou a prata em dança Contemporânea, enquanto Nanaka Ogawa e Mimari Shide, da EDCN, conquistaram uma medalha de prata e uma medalha de bronze, respetivamente, na dança Clássica.

No escalão 19-21 anos, Eva Raquel Branco, da Annarella, obteve a medalha de prata em dança Contemporânea e Afonso Pereira, do Conservatório de Lisboa, conquistou o bronze em dança Contemporânea.

O Tanzolymp é uma competição de dança para jovens de escolas privadas e públicas que decorre anualmente em Berlim e divide-se em seis categorias: dança Clássica e Neoclássica, dança Moderna/Contemporânea, Folclore, Jazz Pop e Sapateado.

O festival teve início na quinta-feira e terminou na segunda-feira à noite, com uma gala, na qual participaram a convite alguns dos bailarinos premiados, como Frederico Loureiro, que apresentou uma variação clássica e um solo contemporâneo, e Ana Rita Baptista, com dança contemporânea.

(foto arquivo)