Um professor de 43 anos foi detido pela Polícia Judiciária por suspeita de abuso sexual de um menor, que foi seu aluno, na zona de Cuba, no Baixo Alentejo, revelou à agência Lusa fonte ligada ao processo.

De acordo com a mesma fonte, o detido foi, há alguns anos, professor da vítima, atualmente com 14 anos, não havendo grau de parentesco entre ambos.

A situação, segundo as fontes contactadas pela Lusa, foi sinalizada pela mãe, na sequência do comportamento estranho do filho, tendo alertado as autoridades.

A Polícia Judiciária (PJ) divulgou esta quinta-feira, em comunicado, ter detido um homem pela presumível prática do crime de abuso sexual de menor.

Os factos, segundo o comunicado da Diretoria do Sul da PJ, «ocorreram numa localidade do Baixo Alentejo, desde data indeterminada, mas que se situa entre 2008 e 2009».

«O arguido mantinha contactos sexuais e correspondência de cariz sexual com um menor atualmente com 14 anos», refere a PJ, sem adiantar mais pormenores.

O detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.