Depois de ter recebido uma denúncia e ter efetuado uma investigação, a GNR deteve um casal por suspeitas de contrafação de moeda e passagem de moeda falsa em Cuba, no distrito de Beja. Na sequência da operação, apreendeu 1.300 euros em notas falsas na vila e várias notas de outros países aos suspeitos. 

O homem e a mulher, que têm 62 e 47 anos, respetivamente, já tinham antecedentes criminais por burla e emissão de cheques sem provisão. Foram ambos constituídos arguidos e libertados sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência. A GNR informa, em comunicado, que o caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária.

A detenção ocorreu na segunda-feira após diligências de investigação efetuadas pelo Núcleo de Investigação Criminal de Aljustrel da GNR e na sequência da tal denúncia, feita pela proprietária de um dos estabelecimentos comerciais onde os suspeitos fizeram compras. Essa comerciante entregou à GNR, inclusive, uma nota de 50 euros falsa que alegadamente tinha recebido do casal. 

Modus operandi

Na segunda-feira de manhã, os suspeitos fizeram compras de baixo valor no comércio local na vila de Aljustrel, no distrito de Beja, e pagaram com três notas de 50 euros falsas, tendo recebido o troco em dinheiro verdadeiro.

O casal deslocou-se depois para a vila de Ferreira do Alentejo, também no distrito de Beja, onde terão usado o mesmo método para trocar mais uma nota de 50 euros falsa.

Depois de recolhidas informações e das diligências de investigação efetuadas pelo Núcleo de Investigação Criminal de Aljustrel, a GNR, através de militares do Posto Territorial de Cuba, intercetou, nesta vila do distrito de Beja, o veículo onde os suspeitos seguiam e deteve-os imediatamente.

Além dos 1.300 euros em notas de 50 euros falsas, a GNR apreendeu aos suspeitos 262,89 euros em moedas e notas verdadeiras, quatro notas de 10 suid afrikaanse (moeda da África do Sul), uma nota de 500 afghanis (moeda do Afeganistão), uma nota de 10 intis (moeda do Perú), uma nota de um dólar americano, dois telemóveis e a viatura onde seguiam.