A Polícia Judiciária deteve um casal suspeito de tráfico de cocaína por via área entre o Brasil e Portugal, indicou aquela polícia.

As detenções, que foram feitas através da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes da PJ, ocorreram após a Autoridade Tributária e Aduaneira, que funciona junto dos CTT de Lisboa, ter detetado uma encomenda postal onde estava dissimulado 540 gramas de cocaína.

Segundo a PJ, os dois detidos, de 46 e 43 anos, asseguraram todo o procedimento logístico que permitiu a aquisição e transporte da cocaína por via aérea do Brasil para Portugal.

A Polícia Judiciária adianta que este meio é utilizado «frequentemente pelas organizações criminosas que se dedicam a este tipo de tráfico» devido à difícil deteção pelas autoridades.

Os detidos, empresário e desempregada e com antecedentes criminais por tráfico de estupefacientes, ficaram em prisão preventiva e com a obrigação de apresentações periódicas às autoridades, após primeiro interrogatório judicial.