O iate de Cristiano Ronaldo foi abordado por agentes da Autoridade Tributária e Aduaneira espanhola, quando o jogador regressava de um almoço, na ilha de Formentera.

De acordo com a revista espanhola Hola, o craque foi surpreendido por três agentes da Autoridade Tributária, no iate “YaLondon”, que alugou para passar férias com a família.

Dentro do barco estavam também a namorada de Ronaldo, Georgina Rodríguez, e alguns familiares do craque português.

O iate acabou por ser coberto com um toldo, para que não se percebesse o que se estava a passar lá dentro, nem fossem feitas filmagens da inspeção.

Um familiar do jogador entregou toda a documentação às autoridades e Ronaldo nem se terá levantado para falar com os agentes. A inspeção demorou cerca de uma hora e meia.

De acordo com a revista espanhola, os agentes da Autoridade Tributária recusaram explicar os motivos que os levaram ao iate do jogador português. 

Recorde-se que Ronaldo é suspeito de desviar 15 milhões de euros do fisco espanhol. O jogador poderá vir a ser acusado pela justiça espanhola de delito fiscal, por valores não declarados, entre 2011 e 2014. No dia 31 de julho, Cristiano Ronaldo será ouvido em tribunal