Um homem de 30 anos foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) devido à suspeita de “um crime de ofensa à integridade física qualificada e dois de detenção de arma proibida” em Valongo, revelou esta sexta-feira aquela força policial.

Em comunicado, a PJ esclarece que o homem é “suspeito de vários disparos com arma de fogo contra um comerciante" no concelho de Valongo, distrito do Porto, num incidente que aconteceu em setembro, “na sequência de um desentendimento motivado por questões comerciais”.

Na ocasião, insatisfeito com a recusa do ofendido em realizar um serviço de estampagem que pretendia, o suspeito muniu-se de uma arma de fogo, com a qual terá efetuado quatro disparos na direção da vítima, atingindo-a nas pernas e na mão esquerda”, descreve a PJ.

A PJ acrescenta estar em causa um “crime violento” praticado pelo detido, um “feirante com antecedentes criminais pela prática do crime de furto”.