O suspeito de ter matado a tiro um homem em Alenquer, na sexta-feira, ficou sujeito à medida de coação de prisão preventiva depois de presente a primeiro interrogatório judicial, informou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

Segundo a PJ, o crime ocorreu no final da tarde de sexta-feira, no concelho de Alenquer, «motivados por desavenças quanto à utilização de um caminho de acesso a um terreno de cultivo».

A vítima, familiar do detido, de 52 anos, foi «mortalmente atingida por disparos de uma arma de fogo, a qual foi apreendida».

O suspeito, de 53 anos, está indiciado pela prática de um crime de homicídio consumado.

A detenção foi levada a cabo pela PJ da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, com a colaboração do posto da GNR de Merceana.