Um homem de 29 anos, suspeito de assaltar à mão armada estabelecimentos comerciais na Baixa do Porto ficou em prisão preventiva, anunciou esta quinta-feira a Polícia Judiciária (PJ).

Os crimes terão sido cometidos a 25 de novembro e 03 de dezembro de 2014, revelou a PJ, em comunicado.

«O arguido, de rosto tapado e munido de uma pistola, introduziu-se numa perfumaria e numa ervanária e, sob ameaça daquela arma de fogo, obrigou os respetivos funcionários a entregar-lhe os montantes existente nas caixas registadoras, fugindo seguidamente dos locais», refere a nota.

Segundo a polícia, o detido, sem ocupação laboral ou atividade profissional conhecida, já tem antecedentes criminais por crimes de tráfico de droga e roubos.

Um juiz de instrução criminal determinou que o arguido aguarde o desenvolvimento do processo sujeito à medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva.