O Tribunal de Portalegre decretou a prisão preventiva do homem, de 45 anos, suspeito de um crime de violência doméstica contra a mulher, de 43 anos, com uma arma branca, em Nisa, divulgou hoje a GNR.

O homem foi detido na terça-feira, disse o Comando Territorial de Portalegre da GNR, na quinta-feira, explicando que a vítima apresentava cortes profundos num braço e num pulso.

“O suspeito, durante as agressões, acabou também por se cortar, havendo a necessidade de ambos receberem tratamento hospitalar”, acrescentou, na altura, a Guarda, referindo que o suspeito tem antecedentes por furto qualificado e condução sob o efeito de álcool.