Um português, de 40 anos, foi morto à facada em França por um compatriota, segundo a imprensa francesa.

O suspeito, com a mesma idade, foi detido e encontra-se em prisão preventiva, indiciado por homicídio.

O incidente ocorreu na madrugada de domingo, em Saint-Mards-de-Blacarville, Eure, na Alta Normandia, na casa em que os dois residiam, escreve o jornal Paris Normandie.

A vítima foi esfaqueada várias vezes, não resistindo aos ferimentos. O óbito foi declarado no local.

Quando as autoridades de Pont-Audemer chegaram à residência, cerca das 04:30, encontraram a vítima já sem vida.

Vítima e homicida trabalhavam para a mesma empresa, especializada em andaimes, e residiam na mesma casa, em Notre-Dame-de-Gravenchon. Tinham saído juntos com mais colegas, que também viviam na habitação.

Primeiro desentenderam-se à saída de uma discoteca em Pont-Audemer e um segundo desentendimento ocorreu já na casa.

Eles começaram a lutar e foram para fora da casa. O presumível homicida desferiu vários golpes de faca sobre a vítima”, disse fonte policial ao Paris Normandie.

São os próprios colegas de casa que alertam a polícia. O português suspeito foi detido no local.

Não são, ainda, claros os motivos da discussão, mas o “desentendimento terá sido por causa do álcool”, adiantou outra fonte ao jornal francês.