O Tribunal Judicial da Comarca da Madeira decretou hoje prisão preventiva como medida de coação ao homem suspeito de esfaquear até à morte uma mulher em Machico, zona leste da Madeira.

O homem, 53 anos, foi apresentado pela Política Judiciária para primeiro interrogatório judicial, que teve início às 11:50 e terminou cerca das 12:45.

Segundo a imprensa madeirense, no contexto do ataque com arma branca, o suspeito terá também ferido o marido da vítima mortal, de 70 anos. As duas vítimas eram tios do arguido.

De acordo com um comunicado do Tribunal Judicial da Comarca da Madeira, o arguido está indiciado por dois crimes, um de homicídio qualificado e outro de homicídio qualificado na forma tentada.