A Polícia Judiciária (PJ) informou esta terça-feira que deteve, em Vila Nova de Gaia, um homem de 71 anos suspeito de um crime de homicídio qualificado, ocorrido na sequência de um alegado desentendimento relacionado com o não pagamento de uma dívida.

De acordo com a PJ, o crime terá ocorrido segunda-feira à noite em Oliveira do Douro, Vila Nova de Gaia, distrito do Porto.

Em comunicado, a PJ esclarece que o suspeito envolveu-se “em confronto verbal e físico, que culminou com o disparo de arma de fogo que atingiu a vítima no tórax, tendo acabado por morrer cerca de uma hora depois no hospital”.

O detido será presente esta terça-feira a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das adequadas medidas de coação.

Detido na Guarda por posse ilegal de arma

Também esta terça-feira, a PJ da Guarda anunciou ter detido um homem de 32 anos por posse ilegal de arma de fogo.

O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda explica em comunicado que o homem foi detido no desenvolvimento de uma investigação relativa a tráfico de armas de fogo.

No âmbito da investigação, em julho deste ano a PJ localizou e apreendeu nove armas de fogo ilegais, de diferentes tipos e calibres, e várias centenas de munições, assim como a detenção de um suspeito, adianta.

A PJ identificou e deteve agora um segundo homem, na posse de um revólver de 8 milímetros, adaptado a munições de calibre 22, inserido no âmbito da "atividade de compra e mediação de armas de fogo e munições ilegais".

O detido foi presente às competentes autoridades judiciárias, para primeiro interrogatório judicial e eventual submissão a adequadas medidas de coação.