A Polícia Judiciária de Vila Real anunciou a detenção de dois homens suspeitos de efetuaram disparos com uma arma de fogo em direção à residência de “um alto” funcionário da autoridade tributária de Chaves.

A PJ referiu que os dois homens, de 55 e 65 anos de idade e sem ocupação laboral, estão "fortemente indiciados" pelos crimes de coação agravada, dano com violência e detenção de arma proibida.

Segundo explicou esta polícia, em comunicado, os factos ocorreram em novembro de 2015 e janeiro deste ano, quando os arguidos, “mediante plano previamente estabelecido”, efetuaram disparos com uma arma de fogo em direção à residência do funcionário da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), um organismo do Ministério das Finanças.

O inquérito estava a cargo do Ministério Público da Comarca de Chaves e a detenção foi efetuada pela Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real.

Os suspeitos vão ser presentes a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.