A Polícia Judiciária (PJ) deteve nos Açores um homem de 32 anos pela presumível prática dos crimes de abuso sexual de criança e ameaça agravada contra vítimas de 11, 13 e 14 anos de idade, foi hoje anunciado.

Segundo o Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada, os abusos iniciaram-se em 2015 e tiveram lugar no concelho da Horta, na ilha do Faial.

Os crimes foram praticados num “contexto de confiança e proximidade familiar” com as vítimas, de que o detido “tirou vantagens para as molestar sexualmente”.

O detido, com antecedentes criminais, foi presente ao juiz, tendo-lhe sido aplicada a medida coativa de prisão domiciliária.