O Juízo de Instrução Criminal de Aveiro decretou a prisão preventiva para um homem, de 21 anos, suspeito de ter assaltado, com uma arma branca, dois postos de abastecimento de combustíveis na região, informou fonte policial.

O suspeito foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro na passada segunda-feira e foi ouvido nesta terça-feira em primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação mais gravosa.

O homem, que tem somado condenações com penas de prisão suspensas, é o presumível autor do assalto a umas bombas de gasolina, que ocorreu na noite do passado sábado, na Estrada Nacional n.º 109, em Aveiro.

Segundo fonte policial, o homem entrou no estabelecimento com um lenço a tapar a cara e terá ameaçado a funcionária com uma navalha, obrigando-a a entregar o dinheiro da caixa, cerca de 250 euros, e alguns maços de tabaco.

A mesma fonte indicou que o homem é suspeito de ter efetuado outro assalto nas bombas de gasolina de Mourisca do Vouga, em Águeda, no passado dia 4 de setembro.

O último roubo aconteceu apenas dois dias depois de o presumível assaltante ter sido condenado no tribunal de Ílhavo a um ano e dois meses de prisão, com pena suspensa, por um crime de furto e outro de condução sem habilitação legal.

O arguido, que faltou à leitura da sentença, tinha sido detido pela PSP, após ter furtado um veículo automóvel, no centro da cidade, vindo a ser julgado em processo sumário.

O tribunal deu como provado todos os crimes, nomeadamente que o arguido furtou o veículo utilizando "uma vareta de óleo", tendo abandonado o mesmo quando ficou sem combustível.

Apesar dos antecedentes criminais do jovem, a juíza optou por conceder-lhe "uma última oportunidade", tendo em conta a sua idade e o facto de nunca ter cumprido pena efetiva.

Na semana anterior a este julgamento, o jovem tinha sido condenado no mesmo tribunal a nove meses de prisão, também com pena suspensa, por um crime de furto na forma tentada e dois crimes de injúria agravada.

O detido, um cortador de carnes, desempregado, foi transportado para o Estabelecimento Prisional de Aveiro, onde vai aguardar o início do julgamento.