A Polícia Judiciária de Aveiro deteve, no concelho de Anadia, de um homem que tinha na sua posse milhares de fotos e vídeos contendo crianças em práticas sexuais.

Em comunicado, a PJ refere que o suspeito, um operário fabril de 23 anos, foi detido no âmbito do combate internacional à pornografia infantil em articulação com autoridades estrangeiras.

Segundo os investigadores, o detido está "fortemente" indiciado pela prática do crime de pornografia de menores, consubstanciado na obtenção e partilha, através da Internet, de ficheiros multimédia retratando crianças em práticas sexuais explícitas.

O suspeito desenvolvia a sua atividade criminosa com recurso a uma conta de utilizador numa rede social de partilha de ficheiros multimédia, cuja sede se situa num país do leste europeu, usando software adequado para manter o anonimato".

Durante uma busca realizada à casa do suspeito, as autoridades apreenderam um telemóvel smartphone e um computador, nos quais se encontravam armazenados milhares de ficheiros multimédia de pornografia de menores, obtidos através da Internet.

O detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.