Um menino de 11 anos morreu, este domingo, no Rio Vouga. O corpo foi resgatado das águas do rio cerca de três horas depois de ter sido dado o alerta para o desaparecimento. O menino, com 11 anos, foi encontrado pouco antes das 18:00, confirmou à TVI24 o responsável pela Proteção Civil Municipal de Águeda. 

Juntamente com o rapaz, tinha desaparecido também a irmã, de 14 anos, que havia sido resgatada inconsciente da água e transportada para o Hospital de Águeda, após cerca de duas horas de manobras de reanimação no local. A menina acabou por também não resistir e morreu a caminho do hospital.   

O alerta para o desaparecimento tinha sido dado às 14:40. As duas crianças, passavam a tarde no rio, com a mãe, uma tia e uma prima de nove anos. As crianças brincavam na água, numa zona de rio não vigiada junto a habitações, de acordo com o que apurou a TVI24. O menino de 11 anos apresentou dificuldades e a irmã terá acorrido em seu auxílio, acabando por desaparecer os dois. 

De acordo com o jornal de Águeda Soberania do Povo, trata-se de dois irmãos, de Santa Maria da Feira.

O INEM não dispõe de psicólogos na região ao fim de semana, pelo que o apoio psicológico à mãe e à tia dos meninos foi prestado por psicólogos da câmara de Águeda. A menina de nove anos, prima das crianças que morreram, foi transportada para o hospital, por apresentar sintomas de ansiedade. 

No local estiveram os bombeiros de Águeda, a Cruz Vermelha de Albergaria e a GNR, num total de 45 operacionais e 17 veículos.