“Senti as crianças sempre muito felizes ali. Elas tinham muito carinho por todas nós. Algumas faziam birras quando os pais as vinham buscar para não irem embora”.