As autoridades marítimas preveem que se registem novos galgamentos do mar na Costa da Caparica, em Lisboa, na próxima madrugada, na sequência do aviso vermelho emitido para a costa ocidental de ondas que podem chegar aos 9 metros.

«Estamos a prever que o mar possa fazer alguns estragos nos locais mais críticos da nossa área de jurisdição, na frente urbana da Costa da Caparica», disse à Lusa o comandante Cruz Gomes, da capitania do porto de Lisboa.

Segundo adiantou, a zona mais fustigada será «entre a praia do Tarquínio e as praias de S. João», disse o responsável, salientando que a altura mais crítica será a da preia-mar, prevista para cerca das 04:00.

Cruz Gomes afirmou que a capitania já alertou os donos dos estabelecimentos na zona para eventuais galgamentos do mar e referiu que a situação deverá complicar-se entre as 22:00 desta segunda-feira e as 06:00 de terça-feira, prevendo-se que a forte agitação marítima possa causar estragos.

«As pessoas já estão avisadas. O parque de estacionamento também deverá ser fustigado com os areais, água e pedras. Aconselhamos as pessoas a não ir à noite para estes locais apesar de por sere durante a noite não estejamos à espera de transeuntes nas zonas», disse.

O comandante disse ainda que as autoridades marítimas vão isolar a zona e acompanhar a situação meteorológica.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), sete distritos do continente estão esta segunda-feira sob aviso vermelho, o mais grave de uma escala de quatro, devido à agitação marítima, prevendo-se ondas com 7 a 9 metros.

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa vão estar sob aviso vermelho (situação meteorológica de risco extremo) entre as 12:00 de hoje e as 00:00 de terça-feira, prevendo-se ondas de noroeste com 7 a 9 metros de altura.

O IPMA colocou também os distritos de Setúbal, Beja e Faro sob aviso laranja, o segundo mais grave, devido à agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 5 metros, entre as 15:00 e as 12:00 de terça-feira.

Também a Madeira está sob aviso laranja por causa do estado do mar, prevendo-se ondas de noroeste com 5 a 6 metros de altura entre as 21:00 de hoje e as 04:00 de terça-feira.

Este aviso já levou a capitania do porto do Funchal a emitir um «aviso de agitação marítima forte» para o arquipélago a vigorar até às 18:00 horas de segunda-feira.