A GNR intercetou na madrugada de hoje seis automobilistas na autoestrada do sul (A2), que participavam numa corrida ilegal entre o nó do Fogueteiro e Almada, na qual foi atingida uma velocidade de 242 quilómetros por hora.

Em declarações à agência Lusa, o tenente-coronel Jorge Goulão, da Guarda Nacional Republicana (GNR), explicou que a operação obrigou ao corte total do troço da A2, no sentido sul/norte, entre o Fogueteiro e Almada, para que os veículos fossem intercetados em segurança, cerca das 03:00.

“No âmbito do combate às corridas ilegais, conhecidas como ‘street racing’, detetámos os indivíduos em excesso de velocidade e montámos uma operação com vários meios. Uma das viaturas foi controlada a 242 quilómetros por hora”, acrescentou o chefe das operações e relações públicas do Comando Territorial de Setúbal, da GNR.


Os automobilistas tendo idades até aos 30/35 anos, sendo que um deles ainda não tinha carta há três anos, acrescentou.

Após a interceção, dois dos jovens ainda tentaram inverter a marcha, para se colocarem em fuga, mas foram intercetados pelo dispositivo da GNR, disse ainda o tenente-coronel Jorge Goulão.

A GNR identificou os seis condutores envolvidos na corrida ilegal e elaborou 21 autos de contraordenação, seis autos por excesso de velocidade e dois autos por realização de marcha-atrás na autoestrada.