O cadáver de uma mulher foi hoje encontrado, por um pescador lúdico, a boiar no rio Sado, na zona de Tróia, no concelho de Grândola, disse à agência Lusa o capitão do Porto de Setúbal.

Segundo o também comandante da Polícia Marítima de Setúbal, Luís Jimenez, o homem encontrava-se a pescar quando «viu aproximar-se um corpo na linha de água», tendo alertado o piquete daquela autoridade por volta das 10:00.

O cadáver, de uma mulher, foi recolhido junto ao canal sul do rio Sado, a norte das instalações navais da Marinha Portuguesa em Tróia, no distrito de Setúbal, explicou o responsável.

A vítima, cuja identidade ainda não foi confirmada, foi transportada, pelos Bombeiros Voluntários de Santiago do Cacém, para o Gabinete de Medicina Legal no Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém.

Também hoje, ao início da tarde, foi encontrado um cadáver a boiar ao largo da praia de Zambujeira do Mar, no concelho de Odemira (Beja), por uma embarcação de pesca, de acordo com informação do capitão do Porto de Sines.

O responsável disse à Lusa não ter ainda informações sobre a vítima, cujo corpo estará em «avançado estado de decomposição».