O cadáver de um homem com cerca de 70 anos foi encontrado esta quinta-feira na sua casa, no Barreiro, em avançado estado de decomposição.

Segundo os moradores, que não quiseram ser identificados, a última vez que o idoso tinha sido visto foi na noite de ano novo, há dois meses.

Nas últimas semanas, o cheiro nauseabundo no local estava a tornar-se cada vez mais intenso.

Fontes policiais confirmaram à TVI que um amigo já tinha dado conta do seu desaparecimento na PSP.

Agentes da polícia já tinham, aliás, ido ao local, mas não entraram porque o homem podia ter ido viver com amigos ou familiares.

Segundo o que a TVI apurou até ao momento, o homem era pescador, tinha problemas respiratórios e teria sido operado nos últimos meses.

O corpo foi levado ao início da tarde para o Instituto de Medicina Legal, onde será autopsiado.

Elementos da Polícia Judiciária estiveram a fazer algumas perícias no local.