O Serviço Nacional de Saúde (SNS) vai contratar mais mil novos enfermeiros até ao final do ano, anunciou esta quinta-feira a Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS).

Até hoje já foi autorizada a contratação de 585 enfermeiros, e já está «em fase final de autorização» a contratação de outros 344, totalizando 929 processos de contratação, lê-se num comunicado citado pela Lusa.

A ACSS acrescenta que o Ministério da Saúde está consciente da necessidade de reforçar o SNS com mais enfermeiros e lembra que, no ano passado, foram recrutados 579 profissionais.

Esta medida surge depois das queixas da Ordem dos Enfermeiros, que tem alertado para o estado de exaustão em que se encontram, por causa dos turnos longos e do elevado número de doentes por enfermeiro.

Os mesmos motivos são apontados pelo Sindicato dos Enfermeiros Portugueses que marcou uma greve nacional para os dias 24 e 25.

No início do mês o ministro da Saúde, Paulo Macedo, tinha já reconhecido a existência de «insatisfação» entre os profissionais do setor, mas considerou «anormais» e em «risco de banalização» as greves que afetam apenas o SNS.