O Comando Territorial da GNR da Guarda anunciou a apreensão, naquela cidade, de 1.518 peças de vestuário e acessórios com o valor presumível de 30.333 euros.

A GNR refere em comunicado divulgado que os artigos alegadamente contrafeitos foram apreendidos na terça-feira, no âmbito de uma operação de fiscalização realizada a seis estabelecimentos comerciais da Guarda, por elementos do Destacamento de Intervenção.

"No decorrer da ação, foram identificadas seis pessoas, com idades compreendidas entre os 38 e os 52 anos, por prática de crime contra a propriedade industrial", segundo a fonte.

Os autos de contraordenação foram remetidos pela GNR para o Tribunal Judicial da Guarda.