A PSP anunciou hoje a detenção de 1.290 pessoas, grande parte condutores com excesso de álcool, no segundo período da Operação Verão Seguro 2013, que decorreu de 16 de julho a 15 de agosto.

Em comunicado, a PSP precisa que, do total de detidos, 503 foram por condução com excesso de álcool, 180 por falta de carta, 80 por furto e roubo, 28 por agressão a polícia e 27 por posse ilegal de arma.

A polícia deu, ainda, cumprimento a 194 mandados de detenção. Em média, a PSP deteve, por dia, 43 pessoas em todo o país, adianta a nota.

Durante o segundo período da Operação Polícia Sempre Presente - Verão Seguro 2013, foram apreendidas 99 armas, incluindo 40 de fogo, e 259 viaturas.

A PSP autuou, também, 4.028 condutores por excesso de velocidade, 714 por condução sob efeito de álcool (com 0,5 a 1,19 gramas por litro de sangue) e 390 por falta de cadeirinhas para crianças.

O comunicado acrescenta que a polícia fiscalizou cerca de 70 mil veículos e vigiou 2.521 casas, tendo, neste último caso, registado três furtos.

A operação, que começou a 15 de junho, termina a 15 de setembro e incide nas áreas de trânsito, investigação criminal e segurança privada.

Entre 16 de julho e 15 de agosto, foram efetuadas 2.000 ações, envolvendo 17.000 polícias.