"Não há dúvidas de que o senhor deflagrou o engenho explosivo", disse o juiz presidente, durante a leitura do acórdão.