A circulação na Linha do Oeste, onde um homem sofreu ferimentos graves ao ser abalroado por um comboio numa passagem de nível sem guarda, nas Caldas da Rainha, foi reaberta às 22:50, segundo os bombeiros.

«A viatura foi retirada e a linha [do Oeste] reaberta às 22:50», disse à agência Lusa o comandante dos Bombeiros das Caldas da Rainha, José António Silva.

A circulação na Linha do Oeste estava interrompida desde as 20:58, altura em que uma viatura ligeira de passageiros foi abalroada por um comboio que circulava no sentido norte/sul.

O acidente ocorreu numa passagem de nível sem guarda, na localidade de Campo, no concelho das Caldas da Rainha, e provocou ferimentos graves no condutor da viatura.

A vítima, de 28 anos, foi transportada para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, acompanhado da VMER (Viatura Médica de Emergência e Reanimação] do Hospital das Caldas da Rainha, onde recebeu a primeira assistência.

De acordo com o Comando Distrital de Operações de Leiria (CDOS), o alerta para os bombeiros foi dado cerca das 21:00 e no local estiveram seis veículos e 15 operacionais, entre bombeiros, GNR e Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER).