A GNR anunciou esta quarta-feira a detenção de um homem, de 43 anos, na estação ferroviária de Coina, no Barreiro, que utilizava a farda policial para efetuar viagens gratuitas de comboio.

O detido fazia-se passar por elemento da GNR, utilizando diversas peças de uniforme, distintivos e divisas, alegando que se encontrava de serviço e em missão policial.

«O homem foi intercetado na Estação Ferroviária de Coina e detido em flagrante delito pelo crime de usurpação de funções», refere a GNR.

O detido foi presente a tribunal, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de termo de identidade e residência.