Um homem com cerca de 61 anos morreu hoje em Coimbra, aparentemente devido a afogamento no rio Mondego, disseram à agência Lusa fontes policiais.

O corpo foi avistado por populares pouco depois das 13:00, à tona de água, junto ao Estádio Universitário, na margem esquerda do rio.

Agentes da PSP compareceram no local, tal como cinco operacionais dos Bombeiros Sapadores de Coimbra, que retiraram o náufrago da água, com auxílio de um bote, disse uma fonte da corporação.

Uma equipa do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) efetuou ainda manobras de suporte básico de vida, antes de o homem ser transportado ao Hospital dos Covões, onde acabou por morrer.

Fontes policiais disseram à Lusa que o náufrago, ligado a Coimbra, onde chegou a trabalhar, residia atualmente em Aveiro.