Um jovem de 24 anos ficou em prisão preventiva por supostamente ter praticado um crime de violação sobre a irmã de 16 anos, residente em Coimbra, informou hoje a Polícia Judiciária.

Fonte da instituição disse à agência Lusa que o crime terá sido consumado na madrugada de 18 para 19 de outubro, tendo a sua detenção se verificado no dia 24.

«Os factos terão ocorrido quando a jovem foi à casa de banho e o irmão a obrigou a ir para o quarto dele, consumando a violação», explicou a mesma fonte.

De acordo com a PJ, o detido pernoitava em casa da mãe, em Coimbra, sempre que estava pelas redondezas.

«Esteve ausente da cidade e até do país e regressou recentemente a casa da mãe, que reside com a irmã e outro familiar», explicou a fonte, salientando que o suspeito não tem trabalho permanente.

Ainda segundo fonte da diretoria do Centro, o detido é suspeito de abusar da irmã desde os 10 anos, embora não tivesse antecedentes criminais.

O suspeito violador foi presente a tribunal no dia 25 de outubro, que lhe decretou prisão preventiva como medida de coação.