A PJ deteve, no aeroporto de Lisboa, uma mulher que transportava no interior de duas malas de viagem uma "significativa quantidade de cocaína”, suficiente para pelo menos 160.000 doses individuais, indicou hoje aquela polícia.

Em comunicado, a Polícia Judiciária adianta que a mulher, detida esta semana no aeroporto de Lisboa por suspeitas de tráfico de droga, tinha na sua posse “significativa quantidade de cocaína” que transportava por via aérea de um país da América Latina para Portugal.

Segundo a PJ, a cocaína estava dissimulada no interior de 55 pequenas bolsas de mão acondicionadas em duas malas de viagem.

A Polícia Judiciária realça que “a cocaína transportada pela detida apresentava um elevado grau de pureza” e, caso chegasse aos circuitos ilícitos de distribuição, seria suficiente para pelo menos 160.000 doses individuais.

A detida, de 31 anos de idade, foi presente a primeiro interrogatório judicial e ficou em prisão preventiva.